Ilha Magdalena, Chile

  Click to open the English version 

mapa

     A 35 km de Punta Arenas, a charmosa capital da Patagônia Chilena, fica uma das mais incríveis pinguineiras da América do Sul. São mais de 120 mil pinguins-de-magalhães que, entre outubro e março, usam os 1.576 km² da ilha Magdalena para colocar seus ovos em ninhos cavados no início da primavera. O casal se reveza nos cuidados com os filhotes até o início do outono, quando migram para águas mais quentes.

     O tempo total do passeio é de aproximadamente três horas e meia, mas na ilha os turistas ficam apenas uma hora e não podem sair do caminho de 800 metros demarcado entre o píer e o farol. Parece pouco tempo e muita restrição, mas como os pinguins estão sempre atravessando a trilha para ir ou voltar do mar, a aproximação é frequente e, além disso, muitas tocas ficam bem próximas da trilha. O resto do tempo é gasto navegando pelo Estreito de Magalhães e observando, do barco mesmo, os lobos marinhos da ilha Marta, que junto com a ilha Magdalena compõe o Monumento Natural Los Pingüinos.

2011-12-05-304

2011-12-05-296

isla-magdalena-1-miniatura

Foto em 360° junto ao farol da ilha Magdalena

2011-12-05-097

isla-magdalena-2-miniatura

Foto em 360° na trilha da ilha Magdalena

2011-12-05-200

2011-12-05-197

2011-12-05-079

2011-12-05-084

2011-12-05-062a

2011-12-05-143

2011-12-05-126

2011-12-05-130

2011-12-05-222

2011-12-05-110

2011-12-05-101

2011-12-05-028

2011-12-05-226

2011-12-05-276

2011-12-05-279

Apesar dos pinguins serem a grande atração, a ilha também serve de abrigo para centenas de gaivotas.

2011-12-05-192

2011-12-05-187

2011-12-05-138

2011-12-05-134